Rádio Levando Esperança

Postagens
recent

Líder religioso é suspeito de matar quatro 'desafetos' e sepultar corpos em Iguatu, no Ceará

Uma notícia do site G1 me chamou atenção. Veja a noticia abaixo:

Policiais acharam dois cadáveres em sítio onde eram praticados e pocuram outros dois; vítimas são de pessoas que estavam desaparecidas na cidade de Iguatu (Foto: Arquivo/Polícia Civil)

O homem preso apontado como assassino do estudante Jheyderson de Oliveira Chavier, em Iguatu, é suspeito de matar outras três pessoas que ele considerava "desafetos". O líder religioso Gleudson Dantas Barros, preso em 18 de maio, assumiu participação nos crimes que vitimaram quatro pessoas, de acordo com o delegado responsável pelo caso, Jerffison Pereira.

...

Os presos foram indiciados por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e posse ilegal de arma de fogo; um revólver e munição foram achados no sítio onde os corpos foram encontrados.

Conforme o delegado Jerffison Pereira, nos restos mortais localizado nesta terça foi possível constatar que a vítima sofreu um tiro na nuca, assim como ocorreu com Jhey, informou o delegado Pereira. Também há sinais de que ele foi torturado antes de ser assassinado.

...

Jheyderson tinha 24 anos e estava desaparecido desde o dia 18 de maio. Ele era estudante do curso de serviço social no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), ativista em defesa de direitos de gays, travestis e transexuais, e realizava serviços sociais em Iguatu.

À polícia, os suspeitos afirmaram que mataram o rapaz num ritual macabro para "baixar o espírito de satanás e melhorar de vida", conforme relatou Jerffison Pereira. O delegado descarta a relação dos crimes com rituais.

"Esses caras eram maníacos que saíam matando as pessoas e enterrando por aí à fora, não tem nada a ver com magia negra", afirma.

A notícia na integra pode ser encontrada no site do G1.

Logo abaixo haviam alguns comentários, conforme mostro aqui abaixo:



Comentário do Levando Esperança:
Esse tipo de notícia nos entristece muito. Como cristão dizemos que nossa vida é pautada pela palavra de Deus (a Bíblia). Mas fazemos exatamente o contrario do que a Bíblia nos orienta a fazer. 

Quero destacar alguns pontos aqui:

1) Agredir, ou ate mesmo matar, alguém que discorda de nossa crença é intolerância. Ninguém é obrigado a concordar com as crenças dos outros, mas devemos respeita-las. Descriminar uma pessoa por suas crenças é ilegal (no Brasil) e exatamente o contrario do que foi ensinado por Cristo.

2) Ensinar que alguém que escolhe ser homossexual faz essa escolha por estar possesso por demônios é um verdadeiro absurdo. Eu sei que o homossexualismo não é o padrão de Deus para os seres humanos e mutas vezes é condenado pelas escrituras, mas devemos diferenciar o pecado do pecador. Deus nos concedeu o livre-arbítrio para tomarmos as decisões que quisermos. Somos livres. Mas é claro que iremos ter que sofrer as consequências de nossas escolhas erradas. Mesmo assim, Deus nos permite tomamos decisões erradas. Em Deuteronômios 30: 15-19 o próprio Deus  mostra o caminho certo e o errado e solicita que escolhamos o certo, mas não nos obriga. Por tanto, não temos o direito de obrigar os outros.

3) Generalizar e afirmar que a religião ou a falta dela é causadora de coisas boas ou más é um erro que beira a ignorância. Existem pessoas boas dentro das igrejas e fora delas. Assim como existem pessoas más dentro e fora das igrejas. Não é bom que ateus desrespeitem cristão por sua crença, mas se torana controverso um cristão xingar e criticar um ateu. Respeito é bom e todos gostamos.

Faça a diferença. Cristo nos convida a amar as pessoas como Ele nos amou. Estávamos completamente perdidos e mergulhados nos erros e pecados, e mesmo assim Cristo nos amou e nos resgatou. Não devemos fazer o mesmo por nossos irmão que ainda não conhecem o sacrifício de Cristo por eles?

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.