Rádio Levando Esperança

Postagens
recent

CRIACIONISMO: OS PERSONAGENS BÍBLICOS COMO DEFENSORES DA CRENÇA NA CRIAÇÃO SEGUNDO O GÊNESIS




Artigo submetido como parte dos requisitos necessários para a disciplina de Metodologia da Pesquisa Científica da Faculdade Adventista da Amazônia, sob orientação do Prof. Dr. Agenilton Corrêa.


RESUMO
O presente artigo tem por interesse demostrar algumas das várias evidencias bíblicas para se crer na criação segundo o modelo bíblico expresso nos primeiros capítulos de Gênesis. Teoria conhecida como criacionismo. Utilizando-se do método de pesquisa bíblico, buscando diferentes textos que falem sobre o mesmo assunto e comparando-os, pretende-se demostra que os autores bíblicos, de forma direta ou indireta, concordam com os primeiros capítulos da Bíblia. Conclui-se, por tanto, que não há outra teoria que seja embasada pela Bíblia para explicar o surgimento de tudo o que se conhece hoje, se não a criação em seis dias conforme o texto de Gênesis 1 apresenta.
Palavras-chave: Bíblia. Criacionismo. Criação. Jesus. Gênesis.

1 INTRODUÇÃO
            Quem nunca se fez as três perguntas mais inquietantes que existem? Elas são mundialmente conhecidas e causam curiosidade em quase todos: “De onde viemos? ”, “O que estamos fazendo aqui? ”, “Para onde iremos? ”.
Nos últimos séculos muitos têm criado teorias que tentam dar uma resposta racional a essa pergunta. Dentre essas teorias a mais famosa é a de Charles Darwin. Em seu livro A evolução das espécies ele espoem sua teoria baseada em anos de pesquisa, acentuando o que o fez chegar a tais conclusões e apresentando ideias e fatos para embasar sua teoria.
Em contrapartida a Bíblia apresenta em seu primeiro capitulo um relato que se distingue das várias teorias criadas sobre como surgiu o universo. Ela relata sobre um Deus criador e como ele formou o universo em seis dias e descansou ao sétimo.
Muitos crentes na Bíblia têm dificuldade em aceitando o relato de uma criação tão rápida e precisa. Eles preferem aceitar todo o resto do texto bíblicos, mas ter os primeiros capítulos do Gênesis como mitológico.
Porém, com muita facilidade podem ser encontradas passagens em outros livros da Bíblia que se refiram ao livro do Gênesis, ou mais diretamente a criação.
Por meio de pesquisa na tradução João Ferreira de Almeida, Revista e Atualizada no Brasil, 2ª ed., consegue-se obter informações conforme passo a dispor em seguida.
2 OS AUTORES BÍBLICOS ERAM CRIACIONISTAS
            Há na Bíblia seis referências diretas a existência de um criador. São elas: Eclesiastes 12:1 onde se consegue ler: "Lembra-te do teu Criador ..."; Isaías 17:7, 40:28, 45:9, 54:5, e especialmente 43:15 onde o próprio Deus se declara criador dizendo: "Eu sou o SENHOR, o vosso Santo, o Criador de Israel, o vosso Rei.".
            A Bíblia é clara em dizer que “No princípio Deus criou os céus e a Terra” (Gn 1:1). E todos os demais escritores ecoam as palavras tão simples e diretas mencionadas em seu primeiro verso.
            Há também referências indiretas. Em sua carta aos Romanos 5:12 o apóstolo Paulo menciona que “por um só homem entrou o pecado no mundo”, o que nos faz lembrar que após a criação houve um pecado inicial cometido por Adão e Eva (cf Gn 3). Com certeza Paulo cria que Adão e Eva eram pessoas reais, e não um mito.
            E o que dizer de Apocalipse 14:7 que diz: "dizendo, em grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo; e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas." (Grifo nosso). Esse texto claramente aponta para a existência de um ser pessoal criador (Aquele que fez), além de se assemelhar bastante com Êxodo 20:11: “porque, em seis dias, fez o SENHOR os céus e a terra, o mar e tudo o que neles há e, ao sétimo dia, descansou...”.
            O Rei Davi, autor de vários salmos que estão na Bíblia, parece não discordar do livro de Gênesis. Veja o que ele afirma: "Os céus por sua palavra se fizeram, e, pelo sopro de sua boca, o exército deles." "Pois ele falou, e tudo se fez; ele ordenou, e tudo passou a existir." Salmo 33:6 e 9. "Pois tu formaste o meu interior, tu me teceste no seio de minha mãe." Salmo 139:13.
Algo interessante, e que talvez seja o que mais causa descredito a respeito da Bíblia, é que ela não se demora tanto explicando quem é esse Deus criador e descrevendo de forma minuciosa como ocorreu a junção de cada átomo para a formação de tudo o que conhecemos hoje. Outro ponto importante é que além de não apresentar outras possíveis formas pelas quais o mundo viesse a existência, ela apresenta a criação como um fato indiscutível.
            É bem verdade que não é possível compreender totalmente o relato bíblico sobre a criação. Além disso talvez seja impossível provar cientificamente que realmente aconteceu como está relatado na Bíblia. Para tanto deve-se seguir o conselho contido em Hebreus 11:6 e ter fé, pois "de fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam."

3 JESUS É CRIACIONISTA
            Em Mateus 19:4 Jesus afirma: “Não tendes lido que o Criador, desde o princípio, os fez homem e mulher” (grifo nosso). Jesus também reconhece que houve um criador em sua fala referindo-se ao primeiro casal, que segundo o Gênesis foi criado por Deus e colocados em um jardim (2:4-25).
            Já em Colossenses 1:16 é dito que: "nele [Jesus] foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra...". Com essa afirmação Jesus é tido não apenas como alguém que crer na criação, mas o criador. Esse texto de Colossense foi escrito por Paulo, o mesmo que escreveu Romanos 5 falando sobre a entrada do pecado.

4 CONCLUSÃO
            Entende-se, portando, que a Bíblia apresenta Deus como o criador. E não há indícios de qualquer tipo de divergência entre o relato do Gênesis e o apresentado em outros livros da Bíblia com relação a criação. Antes o que se pode perceber é uma harmonia.

CREATIONISM: THE BIBLE CHARACTERS AS
DEFENDERS OF BELIEF IN CREATION
ACCORDING TO GENESIS

ABISTRACT
The present article is interested in demonstrating some various biblical evidences to believe in creation according to the biblical model expressed in the first chapters of Genesis. Theory known as creationism. Using the method of Biblical research, seeking different texts that speak on the same subject and comparing them, it is understood that biblical authors, directly or indirectly, agree with the early chapters of the Bible. It is therefore possible to conclude that there is no other theory based on the Bible to explain the emergence of all that is known today if not the creation in six days as the text of Genesis 1 presents.
Keywords: Bible. Creationism. Creation. Jesus. Genesis.

 ____________________________________

REFERÊNCIAS

ASSOCIAÇÃO MINISTERIAL DA ASSOCIAÇÃO GERAL DOS ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA (Org.). Nisto Cremos. 8 ed. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, 2008.
BÍBLIA DE ESTUDOSS ANDREWS. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, 2015.
GILBSON, L. James; RASE, Humberto M. Mistérios da Criação. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, 2013.
GOLDINHO, Paulo. Guia de estudos bíblicos Ouvindo a Voz de Deus. Tatuí: Casa Publicadora Brasileira, 2014.


GOT QUESTIONS. Porque o criacionismo bíblico é tão importante? Disponível em: . Acessado 15 mar 2016

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.